FLYING UNDER THE RADAR

VOANDO SOB O RADAR

Flying Under the Radar: Biennial of the Arts    Rio de Janeiro x San Francisco

Carmen Luz : Dança

Link: Xica da Silva

É coreógrafa, cineasta, diretora de teatro e pesquisadora em dança. Pesquisa a história das formas de movimento do corpo negro. Atua profissionalmente nos campos da performance, encenação, interpretação, dramaturgia, realização audiovisual e coreografia. Escreve e realiza filmes documentários e vídeos de dança. Seu foco principal é o corpo negro em movimento e reinventado. Aborda, com especial interesse, as gestualidades das mulheres afro-brasileiras e a corporeidade dos jovens moradores dos grandes centros urbanos e suas periferias. 

Atraiu e realizou oportunidades de visibilidade e desenvolvimento para a Companhia Étnica de Dança através do intercâmbio cultural com diversas instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais. Em sua sede, à época de sua residência no Morro do Andaraí, desenvolveu colaboração artística com criadores europeus e norte-americanos. Entre eles, David Parsons, e Tom Plischke.

Com formação acadêmica e profissional multidisciplinares, sua trajetória soma às práticas artísticas, reconhecida experiência nos campos da Arte-Educação, projetos sócio-culturais e gestão cultural em equipamentos públicos.

Implementou, coordenou e dirigiu na última década do século XX e na primeira deste século, uma série de projetos sócio-culturais, educacionais e artísticos em órgãos governamentais e instituições do movimento social organizado. Merece destaque sua atuação como diretora do Centro Cultural Municipal José Bonifácio – Centro de Referência da Cultura Afro-Brasileira na cidade do Rio de Janeiro (2001 a 2006), sua direção artística no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro – Centro de Referência da Dança (2009 a 2011) e, desde 1994, seu trabalho continuado como artista e ativista cultural à frente da Companhia Étnica.

Carmen Luz é bacharel e professora licenciada em Português-Literaturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É pós-graduada em Teatro pela UFRJ; pós-graduada em Cinema Documentário pela FGV/RJ; formada em direção cinematográfica pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro/Instituto Brasileiro do Audiovisual e Mestranda em Artes Visuais pela UERJ.

Prêmios: foi indicada (2002 e 2004) ao Prêmio Golfinho de Ouro/Conselho Estadual de Cultura-RJ e agraciada com o Primeiro Prêmio Rio Mulher da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. Em 2004, recebeu da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil/RJ, menção honrosa em reconhecimento ao seu trabalho com Dança e Direitos Humanos nas favelas cariocas. Também em 2004 conquistou o Prêmio Urbanidade, concedido pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil/RJ, por suas performances e interferências artísticas em espaços públicos da cidade.

 

Carmen Luz is a choreographer, theater director and researcher in dance. She investigates the history of the black body’s forms of movement. Carmen is a professional in the fields of performance, acting, interpretation, dramaturgy, audiovisual realization and choreography. She also writes and produces documentary movies and dance videos. Her principal focus is the movement and reinvention of the black body, mainly addressing the gestures of afro-Brazilian women and corporeality of young residents of urban centers and their peripheries.

Carmen brought visibility and development to the Ethnic Dance Company through a cultural exchange with various public and private institutions, national and international.  In their headquarters, when she lived on Morro do Andaraí, Carmen developed an artistic collaboration with European and North-American artists, such as David Parsons and Tom Plischke. With her multidisciplinary academic and professional training, Carmen’s has brought together artistic practice, experience in the field of art education, socio-cultural projects and cultural management in public entities.

In the 1990s and the first decade of the 21st century Carmen implemented, coordinated and directed a series of socio-cultural, educational and artistic projects in governmental agencies and institutions involved with social movements. She has been deserving of acclaim for her role as director of the Cultural Municipal Center José Bonifácio – Center of Afro-Brazilian Culture Reference Center in the city of Rio de Janeiro (2001 to 2006), her artistic direction at the Choreographic Center of the City of Rio de Janeiro – Dance Reference Center (2009 to 2011) and, since 1994, her continuous work as artist and cultural activist at the Ethnic Company.

Carmen Luz has a bachelor's degree in Portuguese Literature and is a licensed professor at the Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ). She holds a graduate degree in theater at UFRJ and one in Documentary Cinema at FGV/RJ. She has another degree in film direction from the Darcy Ribeiro Cinema School/Brazilian Audiovisual Institute, and a Masters degree in Visual Arts from UERJ.

Prizes:

Nominated (2002 and 2004) for the Golden Dolphin Prize (Prêmio Golfinho de Ouro)/State Culture Council-RJ), winner of the first Rio Prize for Women from the City Hall of Rio de Janeiro. In 2004, Carmen received an honorable mention from the Human Rights Commission of the Order of Lawyers of Brazil/RJ for her work on Dance and Human Rights in the slums of Rio de Janeiro. Also in 2004, Carmen won the Urbanity Prize, granted by the Institute of Architects of Brazil/RJ, for her performances and artistic activism in public spaces in the city.